Aprimorar conhecimentos em uma instituição de referência na área do Direito, obtendo uma experiência que vai ajudar a definir uma carreira no campo jurídico. É com essa expectativa que a estudante do 5º período de Direito da UFMA, Hortência Araújo da Silva começa, nesta segunda-feira (08) suas atividades como estagiária do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MA).

 

Ela é um do três primeiros novos estagiários que se apresentaram entre 15 primeiros chamados a assumir suas funções, ao lado dos colegas Vitor Felipe Rodrigues Pinto e Márcia Gabriele Caminha Ferreira. Foram oferecidas 75 vagas entre os níveis superior e médio, que começarão a ser preenchidas a partir de agora, à proporção que o encerramento dos contratos de estágio em vigor vá liberando novos postos.

 

A expectativa da Unidade de Gestão de Pessoas (Ungep) é de que até o mês de julho todos os classificados estejam ocupando suas vagas. “A duração do contato é de seis meses, com possibilidade de renovação por dois anos, desde que o estudante continue cursando regularmente”, explica o técnico estadual de Controle Externo Paulo Roberto Ribeiro de Moraes, que no momento responde pela Supervisão de Desenvolvimento de Carreiras.

 

Ele explica que tanto a aplicação do processo seletivo quanto a administração dos aspectos jurídicos dos estagiários ficam a cargo do Instituto Brasileiro de Pró-Educação, Trabalho e Desenvolvimento, cabendo ao Tribunal a administração da vida funcional de cada estagiário classificado no processo seletivo realizado pelo TCE em março passado.

 

Lotada no gabinete da procuradora Flávia Gonzales Leite, do Ministério Público de Contas (MPC) a estudante de 31 anos acha que fez a escolha certa. “Tenho muita afinidade com as atividades do Ministério Público, de forma que essa experiência será fundamental para a definição do eu campo de atuação profissional”, explica Hortência

 

Otimismo e expectativa positiva também marcam o primeiro dia de Vitor e Márcia no Tribunal de Contas. Aos 20 anos e cursando o 5º período do curso de Análise de Sistemas da Faculdade do Maranhão – FACAM, Vitor Felipe aposta no estágio como uma forma de ampliar seus conhecimentos, que serão postos em prática reforçando a equipe de TI da casa. “Vou trabalhar ao lado de profissionais experientes. o que com certeza será muito bom para mim”, afirma.

 

Selecionada para ocupar uma das vagas destinadas ao ensino médio, Márcia Gabriele, espera checar o que aprendeu ao longo de oito meses de curso no Centro de Ensino Médio e Profissionalizante do Maranhão (CEMP) com a realidade do novo ambiente de trabalho. Lotada no Gabinete do Conselheiro Raimundo Oliveira, a futura técnica em Administração de 33 anos deseja aprender com o cotidiano do setor e alimentar o sonho da graduação acadêmica em um futuro próximo.

 

Se a expectativa é grande por parte dos novos estagiários, estímulo e boa acolhida é o que não falta por parte da instituição. “De nossa parte, cabe dar as boas vindas em nome da Ungep e do TCE aos novos estagiários, desejando que sua passagem por aqui seja uma boa oportunidade de aplicação dos conhecimentos teóricos já acumulados. Esperamos, ainda, que a convivência entre nós seja harmoniosa e produtiva, agregando positivamente às suas capacidades profissionais e pessoais”, diz a auditora Regivânia Alves Batista, gestora da Unidade de Gestão de Pessoas (Ungep).