A Superintendência de Tecnologia da Informação (Sutec) iniciou os trabalhos para o desenvolvimento de um novo Sistema de Processamento Eletrônico (SPE) para o Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE/MA).

A inciativa da Sutec integra o programa TCE Em Ação e constitui-se em passo estratégico para dar maior celeridade, precisão e segurança a diversas atividades que são realizadas pelos servidores, tanto na área fim quanto na área meio.

Esta semana começaram a ser realizadas reuniões com os setores do TCE para que os servidores possam avaliar o atual sistema utilizado, de que forma ele afeta o desenvolvimento das atividades, quais as principais demandas de cada setor em termos da utilização do sistema e qual a lógica de cada fluxo de trabalho, entre outros aspectos.

As informações coletadas pela Sutec servirão de base para a construção dos parâmetros que orientarão a elaboração do novo sistema, privilegiando a funcionalidade, uma interface mais intuitiva, maior usabilidade, integração de tarefas e possibilidade de acesso via Web.

O último item é importante, por exemplo, para equipes que realizam auditorias e fiscalizações no interior do estado, uma vez que mesmo à distância poderão realizar tarefas que necessitem de informações hospedadas nos servidores instalados na sede do TCE, o que agilizaria a execução do trabalho. No contexto da evolução das atividades do TCE para a fiscalização concomitante, tal aspecto se revela essencial.

De acordo com o cronograma de trabalho estabelecido, já foram realizadas reuniões com os gabinetes dos conselheiros, conselheiros-substitutos e dos procuradores do Ministério Público de Contas (MPC). Hoje, 06/06, a reunião foi com a Coordenaria de Tramitação Processual (Ctpro) e a Presidência do TCE. Até o final da semana serão feitas reuniões com as unidades técnicas e a Coordenadoria de Sessões (Coses).

A Coordenadoria de Tramitação Processual (Ctpro), responsável pelo registro de todos os processos que tramitam no TCE será um dos setores mais impactados pela implantação do novo Sistema de Processamento Eletrônico. O supervisor de protocolo Lourenço Alves Júnior avalia como positivo o trabalho de desenvolvimento do SPE e destaca que ele pode contribuir para o aprimoramento do trabalho realizado pelos servidores da unidade. “O Sistema de Processamento Eletrônico contribuirá para racionalização ainda maior das atividades em nossa área, tendo influência positiva no ritmo de execução das tarefas, no aproveitamento da capacidade de trabalho dos servidores e na qualidade e segurança dos procedimentos executados”, afirmou Lourenço Júnior.

O desenvolvimento do novo Sistema de Processamento Eletrônico (SPE) é coordenado pelo superintendente de tecnologia da informação do TCE, Giordano Mochel, pela técnica estadual de controle externo Denise Diniz Alves e pelo supervisor de desenvolvimento de sistemas, Jonatas Brito de Sousa. Os trabalhos devem ser concluídos até o mês de janeiro de 2018.