WhatsApp Image 2018-10-04 at 13.36.57

“Doar sangue é simples, rápido e seguro. Conseguimos ajudar pessoas que estão precisando e lutando pela vida. É muito importante que façamos esse gesto de carinho e solidariedade”, com essas palavras o auditor estadual de controle externo Renan Coelho de Oliveira resumiu o principal compromisso que teve hoje, 04/10, no Tribunal de Contas do Estado do Maranhão.

Além das habituais tarefas e responsabilidades que marcam o cotidiano de seu trabalho como gestor da Unidade Técnica de Controle Externo III, Renan Oliveira tinha hoje em sua agenda um compromisso para ele inadiável: doar sangue em mais uma campanha promovida pela Supervisão de Qualidade de Vida do TCE (Suvid), em parceria com o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Maranhão (Hemomar). Essa é a terceira e última campanha deste ano.

Doador permanente das campanhas realizadas pela Suvid, Renan Oliveira decidiu ampliar seu gesto solidário e cadastrou-se também para ser provável doador de medula óssea e integrar o Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome).

A iniciativa de prospectar doadores para a Redome foi tomada pela Suvid em razão da contribuição que pode ser dada pelos servidores do TCE para a ampliação dessa rede que atende pacientes de todo o país.

As coletas de sangue realizadas pela Suvid têm dois objetivos básicos: alimentar o banco de sangue do TCE e contribuir para aumentar o estoque de bolsas disponíveis no Hemomar. A parceria está consolidada e o TCE hoje tem o status de instituição fidelizada junto ao Hemomar no que diz respeito a coleta de bolsas de sangue.

WhatsApp Image 2018-10-04 at 13.36.32

Para que se tenha ideia do trabalho envolvido, cada coleta realizada no TCE mobiliza um total de dezesseis profissionais, assim distribuídos: uma médica, uma enfermeira, uma assistente social, seis técnicas em enfermagem, duas recepcionistas, uma nutricionista, dois motoristas e um profissional de apoio logístico.

Os trabalhos de hoje foram coordenados por Valma Maria Ferreira Costa, assistente social do Hemomar, que ressaltou a importância da contribuição dos servidores do TCE e o quanto o gesto de doar sangue tem o potencial de ajudar um grande número de pessoas. “Cada bolsa de sangue ajuda em média três pacientes. Pois o Hemomar processa os três componentes básicos do sangue: hemácias, plaquetas e plasma, destinando-os àqueles que necessitam em diferentes procedimentos médicos, nas redes pública e privada de nosso estado”, afirmou.

Outro ponto que Valma Costa fez questão de ressaltar é o que envolve os parâmetros técnicos do processo de doação e de uso do sangue coletado, destacando que a coleta é feita dentro dos mais rigorosos protocolos médicos e o sangue coletado é testado integralmente em termos de sorologia. Esses fatores garantem a segurança tanto dos doadores quanto dos usuários. A média registrada em cada coleta promovida pela Suvid tem sido de cinquenta bolsas de sangue.

WhatsApp Image 2018-10-04 at 13.36.05

Lembra do Renan? O sangue doado por ele será testado para identificação de compatibilidade para que ele possa, a partir de agora, além de sangue, doar também medula óssea para ajudar a salvar vidas. Que tal participar da próxima campanha de coleta de sangue da Suvid e do Hemomar?

Buscar em Notícias

Diário Oficial Eletrônico

Dezembro 2018
D S
25 26 27 28 29 30 1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31 1 2 3 4 5

SESSÃO PLENÁRIO

foto plenario

Acompanhe ao vivo. Terças, quartas e quintas às 10h.