E2

O IV Congresso Internacional de Controle e Políticas Públicas, evento promovido pelo Instituo Rui Barbosa (IRB) e pelo Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE/CE) tem sua continuidade nesta terça-feira, 18/10, no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza.

A programação de hoje contempla a apresentação de trabalhos científicos e a realização de debates, palestras e painéis em vários campos de conhecimento vinculados ao controle externo e às políticas públicas.

Para melhor aproveitamento pelos participantes do congresso, as atividades foram divididas nas áreas temáticas políticas públicas de Controle, de Educação, de Gestão Fiscal, de Licitações e Contratos, Saúde e de Segurança.

Especialistas nacionais e internacionais abordarão esses temas com ênfase no papel exercido pelo Sistema Tribunais de Contas e nas ações que podem ser desenvolvidas para a melhoria da gestão pública brasileira, tendo como foco a efetividade das políticas públicas.

Elementos estratégicos para o enfrentamento das grandes questões que permeiam o processo de redução das desigualdades socioeconômicas do país e o aproveitamento das potencialidades produtivas nacionais, as políticas públicas, sua implementação e grau de efetividade, tornaram-se aspectos de intenso debate no ambiente institucional brasileiro, sobretudo no atual cenário que caracteriza a escolha do novo presidente do Brasil.

Para os tribunais de contas, debater em profundidade e elaborar cenários prospectivos no campo da gestão pública, tornou-se tarefa essencial. Esse é um dos objetivos que o IV Congresso Internacional de Controle e Políticas Públicas pretende alcançar.

Na concepção do presidente do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE/MA) e do Colégio de Presidentes dos Tribunais de Contas do Brasil, conselheiro Caldas Furtado, somente por meio da construção e difusão de conhecimentos, do compartilhamento e consolidação de boas práticas, do cumprimento estrito de sua missão constitucional e de uma radical transparência e aproximação ainda maior da sociedade, o Sistema Tribunais de Contas fortalecerá sua legitimidade e será reconhecido e defendido pelos cidadãos. “A sociedade é soberana em relação às demandas e às expectativas que tem em relação ao Sistema Tribunais de Contas. Ela espera que sejamos capazes de cumprir com agilidade, rigor e competência a missão constitucional que nos foi atribuída de fiscalizar o uso dos recursos públicos em seu exclusivo benefício. Temos que agir de modo efetivo para atingir essa finalidade”, afirmou Caldas Furtado.

Em paralelo ao IV Congresso Internacional de Controle e Políticas Públicas, acontece também até a próxima sexta-feira, 19/10, o IX Encontro Técnico de Educação Profissional dos Tribunais de Contas do Brasil (Educontas) e a Assembleia Geral do Instituto Rui Barbosa (IRB).

Buscar em Notícias

Diário Oficial Eletrônico

Novembro 2018
D S
28 29 30 31 1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 1

SESSÃO PLENÁRIO

foto plenario

Acompanhe ao vivo. Terças, quartas e quintas às 10h.