foto site ext

Cerca de 30 auditores do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MA) participaram, de 24 a 26 desse mês, do curso Auditoria e Controle em Licitações e Contratos na Visão do Tribunal de Contas da União (TCU). O curso, oferecido por meio da Escola Superior de Controle Externo (Escex), tem o objetivo de qualificar gestores e profissionais que atuam e desejam atuar na administração pública, com foco em auditoria, controle interno, licitações e contratos.

Divido em três módulos diários, o curso abordou, em cada um deles respectivamente, aspectos de alinhamento conceitual, problemas estruturantes e estudos técnicos preliminares.

No primeiro caso, foram enfocados, entre outros, temas como: mandamentos das contratações públicas, objetivos do processo licitatório, importância do poder de compra da administração, contratação como processo de trabalho estruturado, aplicação da teoria da agência no setor público, governança no setor público e governança das aquisições públicas.

No módulo de alinhamento conceitual, discutiu-se temas como: boas compras públicas, planejamento anual de contratações, capacitação de ocupantes de funções chaves para contratações, processo de planejamento de cada uma das contratações – casos práticos, processo de gestão dos contratos e controles compensatórios do planejamento e ajustes contratuais.

O terceiro módulo foi voltado para questões como planejamento (definição, importância, efeitos do planejamento deficiente, planejamento/processo de trabalho, elaboração de um bom planejamento e jurisprudência do TCU); necessidade da contratação, alinhamento aos planos do órgão, requisitos da contratação – caso prático, relação entre a demanda prevista e a quantidade de cada item e levantamento de mercado.

Um dos participantes do curso, o secretário de Controle Externo do TCE, Bruno Almeida acredita que o conteído foi além do escopo proposto como curso de auditoria de licitações e contratos), englobando todo o processo de auditoria. “Dessa forma, terminamos sendo treinados para utilizar a metodologia repassada nesses dias para qualquer escopo de fiscalização. Os auditores saíram bastante motivados, especialmente por conta dos momentos práticos”, destaca o titular da Secex.

foto site interna 02

foto interna 01

O secretário ressaltou ainda o fato de os procedimentos abordados serem todos embasados nas normas internacionais de auditoria. “Um curso de grande valia para o Tribunal, que provavelmente deveremos oferecer novamente no próximo ano”, frisou.

O Instrutor - Felipe Calvet é auditor federal de Controle Externo do Tribunal de Contas da União desde 2004. Assessor da Comissão Parlamentar Mista de Investigação do Congresso Nacional. assessor interino na Secretaria de Controle Externo do TCU, responsável pela fiscalização do Ministério da Fazenda e dos bancos públicos federais - 2006/2007. Coordenador de Auditoria do TCU no Fundo de Garanta do Tempo de Serviço – 2007.

Diretor Técnico na Secretaria de Controle Externo do TCU no Estado do Maranhão desde 2008, atualmente é diretor e secretário substituto da Secretaria de Controle Externo do TCU no Estado do

Maranhão. Facilitador de Aprendizagem em Cursos de Controle Social dos Gastos Públicos e Cidadania no Estado do Maranhão, desde 2009. Especialista em Gestão Pública pela Fundação Getúlio Vargas – São Paulo.

Buscar em Notícias

Diário Oficial Eletrônico

Novembro 2018
D S
28 29 30 31 1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 1

SESSÃO PLENÁRIO

foto plenario

Acompanhe ao vivo. Terças, quartas e quintas às 10h.