Testagem para covid-19 no TCE ganhará mais um dia

Ganhará uma segunda etapa a testagem para detecção do novo coronavírus (covid-19) entre servidores, membros, estagiários e terceirizados do Tribunal de Contas do Estado. Inicialmente previsto apenas para a última terça-feira (11), o procedimento teve sua duração estendida visando alcançar um número maior de pessoas, especialmente aquelas com sintomas gripais. A nova data será divulgada tão logo haja equipes da Semus disponíveis, podendo ser ainda nesta semana.

Um total de 248 pessoas se submeteram à testagem para o novo coronavírus (covid-19) na última terça-feira (11), sendo 158 servidores, 66 terceirizados e 24 estagiários. Desse total, 31 testaram positivo, o que corresponde a 12,5 por cento do universo testado.

O teste realizado foi do tipo Antígeno, com coleta de material da nasofaringe (swab nasal), que tem eficácia superior a 98%, disponibilizado à corte de contas pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde – Semus.

Para a direção do TCE, a testagem é uma ferramenta indispensável para a tomada de decisão sobre a adoção de medidas de enfrentamento dessa nova fase da pandemia no estado, marcada por um aumento drástico do número de pessoas contaminadas, seguindo uma tendência verificado em todo o mundo, agravada pela epidemia de influenza que atinge o país.

Para o diretor-geral do Lacen/São Luís, Luiz Fernando Ferreira, que coordenou os trabalhos de testagem no TCE, a iniciativa da corte de contas é importante sob vários aspectos. Além da proteção à saúde de servidores e familiares, o trabalho auxilia no dimensionamento da evolução da pandemia nessa fase, permitindo que sejam adotadas as medidas apropriadas.

Ele explica que o cenário é de aumento dos casos positivos com uma média de 20% de positividade, com picos ocasionais de até 30%, nas testagens que vem sendo realizadas em vários pontos da capital maranhense desde que esse trabalho foi iniciado, no último dia 29 de dezembro.

“Diante disso, pedimos que a população mantenha o distanciamento, use máscara e álcool em gel mas, principalmente, vacine-se. A vacina está fazendo com que mesmo pessoas que testaram positivo apresentem apenas sintomas leves, o que é de fundamental importância para evitar a superlotação do sistema de saúde”, recomenda a autoridade.

PORTARIA – Até que os resultados da testagem sejam analisados pelo comitê responsável, sob a coordenação da presidência, continuam em vigor as determinações da Portaria nº 750, que estabelece normas de segurança para acesso às dependências do TCE.

Desde o início de novembro passado, os visitantes que chegam à portaria do TCE precisam apresentar comprovante de vacinação contra a Covid-19 ou relatório médico que justifique eventual contraindicação ao uso das vacinas contra a doença.

A medida vale para conselheiros, conselheiros substitutos, membros do Ministério Público de Contas (MPC), servidores, terceirizados, advogados e público em geral.

No caso dos visitantes, grupo compreendido por advogados que atuam junto ao órgão e público em geral, há também a necessidade de preenchimento de formulário específico.


© 2022 Tribunal de Contas do Estado do Maranhão. All Rights Reserved. Powered by Gerência de Tecnologia da Informação - GETEC